}

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

MORANGUINHO NOVA,PAINEL








CONHEÇA UM POUCO A HISTÓRIA DA MORANGUINHO

Os primeiros desenhos da Moranguinho e sua gata Mostarda foram feitos em 1977 por Muriel Fahrion durante o tempo que foi ilustrador do departamento American Greetings' Juvenile & Humours. Depois os desenhos foram apresentados para o Sr. Bernie Loomis da General Mills e foram patenteados. Fahrion desenhou mais trinta e dois personagens que também foram patenteados.
Cindy Moyer Patton e Janet Jones desenharam os personagens restantes da linha clássica da Moranguinho. Lyn Edwards foi o editor da linha e também o homem que deu vida aos personagens. Ele desenvolveu o perfil e a história de cada personagem. A primeira boneca lançada foi uma boneca de pano, dirigida por Muriel Fahrion e criada por Suzan Trentel, irmã de Fahrion.
A linha Moranguinho estadunidense é diferente da brasileira. Os personagens da primeira têm em sua maioria os nomes referentes a sobremesas e os brasileiros não seguem essa regra, sendo seus nomes referentes a frutas. A casa da Moranguinho e seus amigos é a Morangolândia, uma terra mágica.
Durante os anos 1980, foi criado o desenho animado da Moranguinho. Nos Estados Unidos a pequena bonequinha com nome de sobremesa tornou-se verdadeira mania entre as crianças. Dentro de poucos meses começaram a surgir vários produtos com seu nome como álbuns de figurinhas, roupas, vídeo game para Atari 2600[1] e vários outros produtos. Vários especiais de televisão também foram produzidos.
Em 1991, Moranguinho volta a ser produzida. Surgiram novos desenhos e também uma nova linha de bonecos, com roupagem nova. Fez bastante sucesso mas mesmo assim foi extinta em 1992.
Em 2002, a Moranguinho voltou novamente. Dessa vez totalmente diferente das versões anteriores. A bonequinha fica mais moderna e deixa de lado as características campestres que apresentava até então. Também foram lançados dvds, vhs, vcds e até mesmo cds com trilha sonora interpretada por Sarah Heinke.


0 comentários:

Postar um comentário